TSE altera composição da Assembleia do Ceará

Deputado Neto Nunes (PMDB) teve o deferimento do seu registro junto ao tribunal, o que lhe garante agora assumir cadeira

Lauriberto Braga, iG Ceará |

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) enviou um ofício ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) orientando a aceitação da votação do deputado estadual Neto Nunes (PMDB). A decisão do tribunal modifica, pela segunda vez, o quadro dos 46 deputados eleitos.

Com a elegibilidade de Neto Nunes, o atual vice-governador do Ceará, Francisco Pinheiro (PT), perde o mandato e fica com a segunda suplência. O primeiro suplente é Daniel Oliveira (PMDB), que perdeu a vaga para Dedé Teixeira (PT), que também teve seu registro autorizado pelo TSE após ter sido negado pela Ficha Limpa, no TRE-CE.

O TSE cassou a decisão do TRE-CE que havia negado o registro da candidatura do deputado Neto Nunes com base na Lei Ficha Limpa. Por unanimidade, o TSE confirmou os votos de Neto Nunes e definiu sua reeleição à Assembleia Legislativa.

Além dos estaduais, o TSE alterou o resultado da eleição para deputado federal. Manoel Salviano (PSDB) foi reeleito em Brasília depois de ter seu registro indeferido pelo TRE-CE. Caso o tribunal julgasse o parlamentar inelegível, Mário Feitoza (PMDB) assumiria.

    Leia tudo sobre: eleições ceTSETRE-CEFicha Limpa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG