TSE absolve Marcelo Deda por unanimidade

Candidato à reeleição, governador sergipano foi acusado de uso da máquina administrativa e abuso de poder político

Agência Estado |

selo

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) absolveu hoje por unanimidade o governador de Sergipe e candidato à reeleição, Marcelo Déda, da acusação de uso da máquina administrativa e abuso de poder político e econômico em 2006, quando ele era prefeito de Aracaju e preparava a sua candidatura ao governo do Estado.

O TSE rejeitou um recurso no qual o Ministério Público Eleitoral sustentava que Déda teria utilizado publicidades institucionais e inaugurações da prefeitura para divulgar suas realizações como prefeito e, consequentemente, se promover.

O relator do recurso no TSE, o corregedor Aldir Passarinho, afirmou que as inaugurações foram uma mistura de eventos institucionais com comícios eleitorais. No entanto, segundo ele, não ficou comprovada a potencialidade dessas irregularidades para interferir no resultado da eleição.

    Leia tudo sobre: eleiçõeseleições sededatse

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG