Por unanimidade, tribunal entendeu que meio utilizado para divulgação é de uso restrito dos que se cadastram para acompanhá-lo

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE) retirou multa de R$ 5 mil que havia sido aplicado ao vereador paulistano Floriano Pesaro (PSDB) por propaganda eleitoral antecipada no Twitter. Pesaro havia sido condenado por ter postado, no dia 13 de junho, a frase "O Brasil e São Paulo podem mais com Serra e Alckmin".

O TRE entendeu, por unanimidade, que o meio utilizado para divulgar a frase, o Twitter, é de uso restrito, pois a mensagem é recebida por aqueles que se cadastraram espontaneamente no perfil do vereador. No entanto, pessoas não inscritas no Twitter também podem visualizar as mensagens publicadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.