TRE-BA barra candidatura de Luiz Bassuma ao governo

Justiça Eleitoral considerou que ainda faltam documentos para validar a candidatura

Lucas Esteves, iG Bahia |

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) julgou na tarde desta quinta-feira (5) irregular a candidatura de Luiz Bassuma (PV) ao governo do Estado. Segundo as primeiras informações, houve falta de documentos exigidos pelo órgão para validar a candidatura.

O julgamento ocorreu na sede do TRE-BA por volta das 16h e só será divulgada no site do Tribunal SUperior Eleitoral na sexta. Bassuma e o PV agora têm três dias para resolver as pendências e evitar que o partido perca a candidatura ao governo em 2010. O deputado federal está atualmente em quarto lugar nas pesquisas de opinião.

Segundo a assessoria do candidato, o TRE informou que havia a falta de uma certidão de 1º grau da Justiça comum para completar os documentos exigidos e o PV, inadvertidamente, entregou o documento errado. A informação chegou na tarde de quarta-feira e apenas na quinta pela manhã os representantes de Bassuma puderam comparecer ao Fórum Ruy Barbosa, em Salvador, para retirar a certidão e entregar ao tribunal. Entretanto, o documento não chegou a tempo de evitar o julgamento.

Luiz Bassuma está no PV há menos de um ano, uma vez que entrou para o PV vindo do PT exatamente para levar os verdes estaduais a um patamar de maior protagonismo na política baiana. Em 2009, enfrentou um processo de suspensão na antiga legenda por defender um posicionamento contrário ao aborto e, diante das sanções do PT, resolveu deixar o grupo. Ele é deputado federal há três mandatos e tem um histórico de lutas ligadas ao sindicalismo e ao social, além de, não raramente, envolver sua formação espírita nos temas políticos que aborda.

    Leia tudo sobre: eleições BALuis BassumaTRE-BA

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG