TRE retira propaganda irregular em Rondônia

Tribunal recebeu mais de 80 denúncias; propaganda em locais proibidos pode causar acidentes

Nayanne Santana, iG Acre e Rondônia |

Em Rondônia as propagandas eleitorais que os candidatos colocam nas rotatórias, cruzamentos e retornos estão com os dias contados, conforme o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Isso porque o juiz eleitoral Jorge Luiz do Amaral decidiu determinar a retirada dos cavaletes e placas que foram fixados a menos de 10 metros desses locais.

A determinação do juiz surgiu após o TRE receber mais de 80 denúncias informando que as propagandas interferem na visibilidade de quem trafega pelas avenidas da cidade e pode causar acidentes, inclusive fatais. De acordo com o magistrado, a colocação desses materiais em locais de cruzamento de vias públicas representa grave fator de risco à circulação de veículos.

O juiz determinou que os partidos e coligações que possuírem placas e cavaletes em cruzamentos, rotatórias e retornos retirem a propaganda irregular no prazo de 24 horas.Segundo o TRE, mesmo após ser divulgada a determinação alguns partidos e coligações não retiram as propagandas. Nesta semana, servidores do TRE estão auxiliando na retirada das madeiras ilegais.

Na quinta-feira, 8, funcionários do TRE retiraram dezenas de placas ao longo da Avenida Jorge Teixeira. Ainda de acordo com informações do TRE, o trabalho de retirada das propagandas irregulares continuará até o dia 3 de outubro.

Mas aí fica a pergunta: 3 de outubro, dia da eleição, essa propaganda irregular não poderia interferir na decisão de escolha de certos eleitores?

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG