TRE reduz efetivo de tropas federais no Pará

Alegando que eleições do primeiro turno foram tranquilas, Tribunal mantém reforço em apenas 80 municípios

Pollyana Bastos, iG Pará |

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) decidiu hoje, em sessão extraordinária, reduzir em 20% o número de zonas eleitorais que receberão apoio das forças Federais para manter a segurança no segundo turno, dia 31. A equipe extra deve atuar em 80 dos 144 municípios do Estado, distribuídos em 53 zonas. O Pará foi o estado brasileiro que recebeu o maior reforço das tropas Federais no primeiro turno.

Apenas 3 250 homens do exército foram enviados para atuar em 77 zonas de 104 municípios. A redução do contingente foi uma solicitação dos próprios juízes de zonas, sob alegação de que o processo ocorreu tranquilamente no último dia 3.O trabalho da Força Federal é realizado em conjunto com a Polícia Militar, responsável por manter a segurança do processo em todo o Estado.

A PM anunciou que vai manter o mesmo efetivo do primeiro turno, de 4 400 homens, nesta próxima etapa.  A solicitação das tropas de reforço foi encaminhada pelo TRE-PA ao Tribunal Superior Eleitoral (STE), em Brasília e aguarda a aprovação dos juízes. Dois candidatos disputam o governo do Pará: Ana Júlia (PT) e Simão Jatene (PSDB).

    Leia tudo sobre: eleições patre paana júlia pajatene paforça federal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG