TRE e PF apreendem ¿santinhos¿ no Amazonas

Propaganda eleitoral irregular pertence a candidato do PSC, mas não tinha cadastro de pessoa física

Eduardo Asfora, Portal iG Amazonas |

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), através da Comissão de Fiscalização de Propaganda Eleitoral, apreendeu cem mil “santinhos” na agência 3C Publicidade, Parque Dez, em Manaus. A propaganda eleitoral estava em poder de Ewerson Câmara, filho do deputado federal e candidato à reeleição Silas Câmara (PSC).

De acordo com o TRE, o material apreendido estava irregular, pois não indicava o Cadastro Nacional de Pessoa Física (CNPJ) do responsável pela coligação e a tiragem. A operação contou com apoio da Polícia Federal (PF). A apreensão foi feita a partir de denúncia anônima recebida pelo TRE.

Ainda de acordo com o TRE, a denúncia foi formulada no início da semana sobre a distribuição de 150 mil “santinhos” em um culto religioso realizado pela Igreja Mundial do Poder de Deus. Segundo informações do proprietário da agência, o material seria doado, mas não foi mostrado nenhum tipo de recibo eleitoral, conforme o TRE.

“Os dados atrás dos santinhos e os comprovante e recibos são provas de que o produto é usado na campanha e não de forma indevida. Por isso, vamos continuar em cima até o dia 30 de setembro, prazo final para a propaganda política,” explica Marcos Maciel, um dos juízes da propaganda eleitoral amazonense.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG