TRE alerta contra ilícitos no Amazonas

Segurança para eleição está definida. Tribunal Regional Eleitoral anuncia transporte gratuito em Manaus

Eduardo Asfora, iG Amazonas |

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), desembargadora Maria das Graças Pessoa Figueiredo, alertou nesta quarta-feira aos supostos infratores da legislação eleitoral. ”Qualquer propaganda eleitoral proibida como para um carro adesivado em frente a uma seção eleitoral, ir às urnas com camisas e ingerir bebida alcoólica será punido.”

A desembargadora acrescentou que o TRE, mesmo com uma equipe reduzida de fiscais, intensificará o trabalho por uma campanha eleitoral lícita neste domingo (31). As operações serão feitas em Manaus e no interior do estado. A fiscalização conta com apoio das Polícias Federal (PF), Militar (PM) e Civil (PC), além de representantes do poder municipal.

Também trabalharão na fiscalização eleitoral agentes do Departamento Nacional de Trânsito (DETRAN) e da Superintendência Municipal de Trânsito (SMTU). Em Manaus, a PM executará um esquema de segurança em três zonas mais afastadas da cidade, onde os policias vai ficar até as 20h (horário de Manaus) do dia 31.

Após o término da votação, às 18h (horário oficial de Brasília), os PMs acompanharão o translado das urnas nas zonas eleitorais do interior até a sede do TRE em Manaus, onde será feita a soma geral da contagem dos votos.

Transporte Coletivo Gratuito

Para facilitar o acesso do eleitor no segundo turno, mil e duzentos ônibus das sete empresas que operam no sistema de transporte na capital, vão circular gratuitamente. A medida vale apenas para o transporte convencional e vai das 4h da manhã até as 24 horas de domingo.

Os usuários do transporte coletivo convencional passarão normalmente pela catraca. Grávidas, idosos e portadores de necessidades especiais entram pela porta dianteira. Os amazonenses não votarão em governador no dia 31. Neste segundo turno, o eleitor vai escolher o futuro Presidente da República: Dilma Rousseff (PT) ou José Serra (PSDB).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG