Candidatura ainda depende do julgamento de ação cautelar no TSE contra a sentença do colegiado do TRE-RJ

selo

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) aceitou ontem, provisoriamente, o pedido de registro de candidatura de Anthony Garotinho para o cargo de deputado federal pelo PR. No entanto, a candidatura dele ainda depende do julgamento de ação cautelar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a sentença do colegiado do TRE-RJ que o tornou inelegível por três anos. A decisão de ontem foi tomada por unanimidade.

Já foram examinados pelo tribunal 1.310 pedidos de registro de candidatura. Entre os pedidos estão os dos candidatos a governador Fernando Gabeira (PV) e Sérgio Cabral (PMDB), e César Maia (DEM), que concorre ao Senado. De acordo com a corte, cerca de 80% foram deferidos. A próxima sessão extraordinária para julgamento de registro está marcada para a tarde de hoje.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.