Tracking Vox/Band/iG: Dilma segue com 51%, Serra 25%

No segundo dia de medição, instituto aponta estabilidade no desempenho dos presidenciáveis

Matheus Pichonelli, iG São Paulo |

A segunda medição do tracking Vox Populi/Band/ iG   sobre a eleição presidencial deste ano mostra estabilidade da disputa para a sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Assim como nos dados divulgados ontem , a presidenciável petista Dilma Rousseff aparece com 51% das intenções de voto, contra 25% de seu principal adversário, o tucano José Serra.

A senadora Marina Silva (PV), terceira colocada, aparece em seguida com 9%. Brancos e nulos somaram 4%, enquanto os indecisos ficaram em 11%.

Nas regiões, no entanto, houve oscilações que se aproximam da margem de erro, de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. No Nordeste, por exemplo, a pesquisa apontou crescimento de Serra, que passou de 14% a 17% em apenas um dia. Já Dilma, que tem na região a maior distância para o adversário tucano, oscilou de 68% das intenções de voto para 67%.

A petista, em compensação, cresceu na região Sul, onde atinge agora 51% das preferências dos eleitores – no levantamento anterior, ela aparecia com 48%. Serra oscilou na região de 30% para 28%. O Sul é o local onde o instituto apurou maior número de eleitores indecisos: 14%, mesmo índice do dia anterior.

Segundo o presidente do instituto, João Francisco Meira, a tendência de queda ou crescimento dos candidatos, mesmo nas regiões, só será observada após uma sequencia de três dias do tracking Vox/Band/ iG .

“Daqui para frente a regra é olhar para a reta”, explica. O ponto ideal para se medir a tendência, afirma Meira, será no domingo. Até lá, corre-se o risco de o candidato crescer alguns pontos num dia e perder em seguida, o que descaracteriza uma tendência.

Ainda de acordo com o presidente do Vox Populi, o resultado deste segundo tracking demonstra que não é possível medir ainda se as suspeitas de envolvimento da equipe de Dilma no caso das violações de sigilo da Receita de pessoas ligadas ao tucano José Serra tiveram impacto na avaliação dos eleitores.

A pesquisa, que passa a ser publicada diariamente pelo iG , ouve novos 500 eleitores a cada dia. A amostra é totalmente renovada a cada quatro dias, quando são totalizados 2.000 casos.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG