'Todos sabem' que PT é ligado às Farc, diz Serra

Em visita a Minas, tucano evitou, entretanto, vincular partido rival ao narcotráfico

Adriano Ceolin, enviado a Belo Horizonte |

nullO candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, endossou parte das declarações feitas por seu vice Indio da Costa (DEM-RJ) e afirmou na tarde desta segunda-feira que o PT é de fato ligado às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Por outro lado, Serra não quis vincular o partido adversário ao narcotráfico.

"A ligação do PT é com as Farc. Isso todo mundo sabe. Agora, as Farc são uma força ligada ao narcotráfico. Não significa que o PT faça o narcotráfico", afirmou Serra, durante a visita que realiza hoje a Minas Gerais. O primeiro destino incluído na agenda do tucano nesta segunda-feira é a capital Belo Horizonte.

A fala de Serra ocorre em meio à polêmica provocada por uma entrevista concedida por Indio da Costa ao site Mobiliza, ligado à campanha tucana. No vídeo, o deputado do DEM associou o PT às Farc e ao narcotráfico. A declaração provocou reações no PT e mesmo entre partidos aliados. Nesta segunda-feira, a cúpula petista optou por acionar a Justiça contra o vice na chapa tucana.

Durante a visita a Minas, Serra disse que não tem de responder por Indio. Afirmou que é o vice que terá de dar mais explicações. O tucano, porém, afirmou que o PT sempre age como vítima quando é atacado e citou como exemplo o episódio sobre a violação do sigilo fiscal de Eduardo Jorge, vice-presidente do PSDB. Dados do tucano teriam sido violados para montar um suposto dossiê, com o objetivo de angariar munição para a campanha presidencial.

"Os esclarecimentos do que disse e o que não disse, o próprio Índio da Costa fará. Agora, nós estamos discutindo opiniões. Alguns podem gostar e outros podem não gostar. Há um caso mais sério, que é a quebra de sigilo, que afronta a Constituição, prática de crime, quebra de sigilo de tucano como arma para baixaria eleitoral. Isso precisa ser apurado", disse Serra.

Com um problema na coluna, o ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves quase ficou fora da caminhada que Serra fez pelo centro de Belo Horizonte. “Me machuquei jogando futebol. Estou usando uma cinta para estar aqui”, disse Aécio, ao chegar no comitê inaugurado nesta tarde por Serra. Está prevista ainda para hoje uma visita de Serra à cidade de Divinópolis, que fica a 180 km de Belo Horizonte.

Acontece no dia 26 de julho o 1º Debate On-Line Presidenciáveis 2010 . Saiba aqui como participar

    Leia tudo sobre: José SerraAécio Neves

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG