Tião Viana pede votos para Dilma

Segundo turno das eleições presidenciais já começou de forma discreta no Acre, onde o PT elegeu o governador

Nayanne Santana, iG Acre e Rondônia |

O governador eleito do Acre Tião Viana (PT) estar empenhado pela eleição da presidenciável Dilma Rousseff no próximo dia 31. Dilma também é petista. Como fez durante a campanha, o governador eleito começou hoje a campanha pró-Dilma.

No período em que foram ao ar os programas eleitorais da “Frente Popular do Acre,” coligação que o governado eleito pertence, Tião afirmava que Dilma “será a melhor candidata a presidência para o Acre.”
Nas propagandas de rádio e TV o partido mostrava os investimentos que Lula fez no estado e garantia que “Dilma manterá ajuda ao Acre e que poderá fazer muito mais.”

Os próximos dias deverão ser de muito trabalho para Tião e corregilionários inverterem a tendência do eleitor acreano por dois adversários de campanha da ministra Dilma.

José Serra

O tucano José Serra, por exemplo, conquistou 52,13% dos votos dos eleitores acreanos, ficando a frente inclusive de Marina Silva (PV), que nasceu no Estado e que recebeu 23,46%. O PV de Marina no Acre é coligado ao PT de Tião Viana. No Acre, Dilma conquistou 23,9% dos votos válidos.

Lula

Em eleições anteriores o presidente Luiz Inácio Lula da Silva também não foi líder em votos no estado. Nas eleições de 2006, no primeiro turno, perdeu para Geraldo Alckimin (PSDB), que conquistou 51, 787% dos votos, contra 42,61% de Lula. Apenas no segundo turno Lula conseguiu mais votos que Alckimin no Acre. O petista ficou com 52,36% dos votos e o tucano com 47,63%.

    Leia tudo sobre: eleições actião viana acdilmamarinaserralula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG