Tentativa de extorsão dá cadeia em Manaus

PF prende Alessandro, que exigia R$ 20 mil de deputado para não divulgar "vídeo comprometedor"

Eduardo Asfora, iG Amazonas |

A Polícia Federal (PF) prendeu em flagrante Alessandro Lima na noite ontem na Praça Nossa Senhora de Nazaré, em Adrianópolis, zona sul de Manaus, por suspeita de tentativa de crime de extorsão ao deputado estadual e candidato a reeleição David Almeida (PMN). A prisão foi efetuada por agentes da Delegacia de Defesa Institucional da PF.

De acordo com a PF, o acusado exigia R$ 20 mil do parlamentar para não divulgar um “vídeo com imagens comprometedora” do deputado na residência dele e no gabinete. O parlamentar declarou que vinha “sofrendo ameaças de cinco pessoas, sempre dizendo que tinham imagens comprometedoras” contra ele, que pediu ajuda à PF.

“Primeiro me pediram R$ 500 mil, depois baixaram para R$100 mil e ontem chegaram a esse valor,” declarou Almeida. Alessandro foi levado para realizar exame de corpo e delito no Instituto Médico Legal (IML) e depois encaminhado ao Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat).

Almeida vai responder a processo pela prática de crime de extorsão, com pena prevista de quatro a dez anos de reclusão. Não foram revelados detalhes do conteúdo do vídeo, agora em poder da PF para análise.

    Leia tudo sobre: eleições amdavid almeida amextorsãovídeopf am

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG