Temer inaugura comitê cristão de Dilma no MS

Candidato a vice-presidente diz em Campo Grande que ele e Dilma são ¿vítimas" de difamações "do submundo¿

Alessandra Messias, iG Campo Grande |

O candidato a vice-presidente da República na chapa de Dilma Rousseff (PT), deputado Michel Temer (PMDB-SP), inaugurou hoje à tarde em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul (MS) o “Comitê de Cristãos Dilma 13 Presidente.” Cerca de 250 pessoas participaram, entre parlamentares e lideranças religiosas locais de diferentes denominações.

Michel Temer lamentou a “campanha difamatória” contra Dilma e também as “inverdades” sobre sua conduta religiosa. “Jamais se viu, principalmente na internet, uma campanha tão do submundo político contra Dilma e mais particularmente contra mim como tem sido essa. É uma campanha suja, do submundo,” disse o peemedebista.

Princípios bíblicos”

Na solenidade de inauguração do “Comitê de Cristãos Dilma 13 Presidente” Temer assinou um manifesto elaborado pelos religiosos em favor de Dilma. O representante da Igreja Sara Nossa Terra, Gustavo Correa Bezerra de Araújo, afirmou que “o governo que Dilma faz parte atende aos princípios bíblicos.” Este governo “faz a inclusão social. E não só tira as pessoas da miséria”.

O pastor Jarí da Silva, da Igreja Assembléia de Deus, defende Dilma por conta das propostas de governo, "pela liberdade que vai garantir aos cristãos e pela continuidade do trabalho do Lula,” afirmou. Além de Temer e dos representantes das igrejas evangélicas, participaram da solenidade de inauguração do comitê de Dilma o senador Valter Pereira (PMDB).

Também participaram o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB); os deputados federais Dagoberto Nogueira (PDT) e Vander Loubet (PT); os deputados estaduais Pedro Kemp (PT) e Pedro Teruel (PT) e vereadores de Campo Grande.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG