Tasso diz que Lula é popular como também eram Hitler e Mussolini

Em campanha com Serra no Ceará, senador tucano afirma que 'está sendo feita uma lavagem cerebral' no País

Adriano Ceolin, enviado a Juazeiro do Norte |

Ao chegar a Juazeiro do Norte (Ceará), o candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra , evitou tratar do caso Erenice Guerra (ministra da Casa Civil) e da violação de sigilos na Receita Federal. Ele está na cidade para participar da Procissão de Nossa Senhora das Dores. O papel de fazer críticas negativas coube ao seu aliado cearense, o senador Tasso Jereissatti (PSDB), que comparou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao líder nazista Adolf Hitler.

“Está sendo feita uma lavagem cerebral. Não vou ligar que Lula é popular, mas Hitler era popular, Mussolini era popular, Stroessner era popular”, afirmou em referência ao líder fascista italiano Benito Mussolini e ao general Alfredo Stroessner, ex-ditador paraguaio. O senador tucano, que tenta a reeleição, também afirmou que o País se dirije para um caminho chavista, em referência ao presidente da Venezuela, Hugo Chávez. “O presidente da República perdeu o pudor do seu cargo. Ele não pode participar dessas coisas mesquinhas e pequenas”, afirmou, em referência às recentes declarações de Lula sobre "extirpar" o DEM do cenário político.

    Leia tudo sobre: eleições serrapleito 2010lulatasso

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG