Tasso critica a forma como o governo concede o Bolsa Família

Senador tucano, candidato à reeleição pelo Ceará, afirma que do jeito que está, o Bolsa Família é uma 'grande enganação'

Agência Estado |

selo

O senador cearense Tasso Jereissati (PSDB) tem intensificado o pedido de votos para o presidenciável tucano José Serra em sua campanha pela reeleição. No final de semana, em Tiangá, cidade da região da Serra da Ibiapaba, Tasso criticou a forma como o governo petista vem conduzindo o Bolsa Família e chamou o programa de "grande enganação".

"Vai acabar todo mundo no Bolsa Família e ninguém produz mais nada. Isso é uma grande enganação que está se plantando para o povo brasileiro e para o povo cearense. Nós temos que ter Bolsa Família sim, mas junto com educação de qualidade para que as pessoas, as gerações possam ir melhorando e a indústria, a produção, a agricultura e as pessoas ganhem muito mais", afirmou Tasso.

Em seguida, o tucano disse que Serra conseguiria trazer indústrias para o Ceará. "Ele (Serra) é homem que se liga a nós (cearenses) para trazer indústria, para trazer produção, emprego. Ele é o homem que já fez isso quando era ministro do Planejamento e eu era governador", afirmou ele, citando o açude Castanhão, o Porto do Pecém e o aeroporto de Fortaleza como obras feitas graças à ajuda de Serra quando era ministro.

Tasso também criticou a propaganda eleitoral petista que citou obras no Ceará, as quais, segundo ele, existem apenas nas promessas. "Alguém aqui assistiu os últimos programas eleitorais? Fazem propaganda de uma refinaria que não existe, de uma siderúrgica que não existe", disse.

"E aí? Aí a gente está vendo cada vez mais a violência, o crack, as drogas consumindo a nossa juventude. A nossa juventude que é o nosso futuro está se perdendo nisso. E o que está fazendo a polícia? Está combatendo as drogas? Cerca a cidade pra não deixar o crack entrar? Não. Está é perseguindo os motoqueiros, agricultores, os pais de família", afirmou.

Apoio a Serra

No início da campanha, o PSDB cearense evitou vincular a imagem e o nome de Serra aos candidatos locais. Porém, a postura tem mudado. No horário eleitoral, o nome de Serra foi colocado como pano de fundo, mas ainda de forma bem discreta. Nos comitês de campanha em Fortaleza, painéis com fotos de Serra foram postos ao lado dos de Tasso. E os carros de som revezam os jingles de Tasso, Marcos Cals (candidato ao governo) e Serra.

    Leia tudo sobre: eleições cebolsa famíliaeleições serra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG