Petista larga com vantagem sobre José Fogaça, do PMDB, que tem 29% das intenções de voto

No mesmo dia em que o pré-candidato tucano à Presidência, José Serra, intensificou as articulações em busca de apoio no Rio Grande do Sul, pesquisa encomendada ao instituto Vox Populi pela TV Bandeirantes confirma a vantagem do petista Tarso Genro na corrida pelo governo estadual. Ex-ministro da Justiça no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Tarso aparece no levantamento com 34% das intenções de voto, 15 pontos à frente do peemedebista José Fogaça, que tem 29%.

Em terceiro lugar, a governadora tucana Yeda Crusius tem 10%. No pé da relação, estão Pedro Ruas (PSOL) e Mont Serrat Martins (PV), ambos com 1%. Brancos e nulos totalizaram 5%, enquanto 20% não souberam ou não responderam.

Tarso manteve-se estável em comparação à última pesquisa realizada pelo instituto, em janeiro deste ano. Na época, Fogaça tinha 30% e Yeda, 7%. Ruas aparecia com 3% e Mont Serrat não pontuou. A pesquisa contou com 700 entrevistas e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob número 15.855/10 e no Tribunal Superior Eleitoral sob número 11.313/10.

Eleições 2010

Governador Rio Grande do Sul

Gerando gráfico...
Vox Populi/Band

O Vox Populi elaborou uma segunda simulação, mas o cenário ainda considerava a candidatura do deputado Beto Albuquerque (PSB), que já se retirou da disputa. Ainda assim, Tarso também largaria na frente, com 32%. Fogaça seguiria, com 27%, sucedido por Yeda, com 10%. Albuquerque (PSB) teria 7%, seguido por Pedro Ruas, Luís Augusto Lara (PTB) e Mont Serrat, todos com 1%.

No quesito rejeição, quem lidera é Yeda. A governadora tem 36%, em comparação a 7% contabilizados por Tarso e por Ruas. Albuquerque, Fogaça, Luís Augusto Lara e Mont Serrat aparecem em seguida, todos com 4%.

Na pesquisa espontânea, Tarso contabilizou 10% das intenções de voto. Fogaça veio a seguir, com 8%, enquanto Yeda ficou com 4% e Albuquerque teve 1%. Nesse caso, 1% dos entrevistados mencionaram o ex-governador Germano Rigotto.

Presidência

Atrás da petista Dilma Rousseff (PT) nas pesquisas realizadas pelo Vox Populi em diversos outros Estados, Serra é quem lidera as intenções de voto no Rio Grande do Sul, quando é desenhado o cenário para a corrida presidencial. O tucano tem 46%, ante 40% na pesquisa anterior. Dilma conta 31%, também 6 pontos acima dos 25% que tinha em janeiro. A senadora Marina Silva (PV) aparece a seguir, com 4%, ante 5% na pesquisa anterior.

Eleições 2010

Pesquisa Vox Populi/Band no Rio Grande do Sul

Gerando gráfico...
Vox Populi/Band

Na simulação de um segundo turno entre Serra e Dilma, o tucano tem 47%, enquanto a petista contabiliza 33%. Em janeiro, os dois pré-candidatos registravam, respectivamente, 47% e 27%. Em maio, data de outra pesquisa Vox Populi, a diferença entre os dois era bem menor. O tucano tinha 36% e a petista 31%.

Na pesquisa espontânea, Serra também aparece na dianteira. O tucano tem 23%, contra 17% de Dilma. Lula é mencionado em terceiro, com 3%, seguido de Marina, que tem 1%.

Mesmo com Dilma atrás de Serra na pesquisa, a avaliação do governo Lula melhorou. A avaliação positiva da administração passou de 12% em janeiro para 19%. A negativa caiu de 43% para 34%. Já os que fazem uma avaliação regular do governo foi de 44% a 46%.

Subiu também a fatia dos eleitores que afirmam que votariam com certeza num candidato indicado por Lula. O número alcançou 17%, ante 13% no levantamento anterior. Na amostra, 41% disseram que votariam no indicado do presidente, dependendo de quem for o candidato e 11% disseram que não votariam. Em janeiro, esses valores alcançavam, respectivamente, 32% e 10%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.