SP: Netinho consegue liminar que divide horário de Quércia na TV

Com a liminar obtida por Netinho, o tempo de TV de Quércia deverá ser redistribuído entre todos os candidatos ao Senado em SP

iG São Paulo |

O cantor e apresentador Netinho de Paula, candidato do PC do B ao Senado por São Paulo, conseguiu na justiça uma liminar que impede o adversário Aloysio Nunes (PSDB) de incorporar o horário de Orestes Quércia (PMDB) ao seu programa eleitoral na TV.

AE
Netinho e Mercadante fazem campanha em Campinas, em São Paulo. O pagodeiro candidato ao Senado pelo PC do B conseguiu liminar para redistribuição do tempo de Quércia
Quércia renunciou à disputa na última semana em virtude de problemas de saúde . Como pertencia à coligação “Unidos Por São Paulo", formada pelo PMDB, PSC, PPS, DEM, PHS, PMN e PSDB, seu horário foi imediatamente incorporado no programa dos tucanos. Para incorporar o horário do peemedebista, Aloysio Nunes substituiu o primeiro suplente de sua chapa, tirando Sidney Beraldo (PSDB) por Airton Sandoval (PMDB) .

Com a liminar obtida por Netinho, o tempo de TV de Quércia deverá ser redistribuído entre todos os candidatos ao Senado no Estado de São Paulo, segundo a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP).

A decisão de Netinho ingressar na justiça contra Aloysio Nunes foi adianta pelo iG na semana passada. Baseado em uma jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ele contestava a decisão dos tucanos de utilizarem o tempo do peemedebista.

Com a incorporação do horário de Quércia, Aloysio Nunes ficaria com 5min30s, dos 14min59s minutos totais destinado à propaganda para o Senado no Estado.

Segundo a decisão do TER-SP, até o mérito da liminar ser julgado definitivamente o horário de TV do PMDB deverá ser compartilhado.

    Leia tudo sobre: eleições SPnetinhosenadoquércia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG