Oposição tenta reverter o cenário apontado pelas pesquisas, que indicam vitória de Jaques Wagner no primeiro turno

O candidato do DEM ao governo da Bahia, Paulo Souto, que aparece em segundo lugar em todas as pesquisas de intenção de voto, declarou nesta terça-feira em entrevista à TV Itapoan que, apesar da probabilidade de Jaques Wagner vencer o pleito no primeiro turno, a oposição baiana ainda acredita que é possível fazer frente à sua candidatura e forçar o processo à segunda etapa.

Souto já sentiu na pele o gosto amargo de estar garantidamente eleito pelas pesquisas de opinião no primeiro turno e, inexplicavelmente, ser derrotado pelo segundo colocado nas pesquisas. Foi o que aconteceu entre o demista e o atual governador, Jaques Wagner, em 2006. A lição leva o candidato a acreditar que o mesmo ainda pode acontecer novamente.

Na avaliação do candidato, mostrar o que considera a realidade de hoje no Estado seria a melhor maneira de convencer o eleitorado a dar ao DEM uma chance de prolongar a eleição. Por isso, o candidato continuará a expor os erros da atual gestão e relembrar medidas positivas em antigos governos pefelistas. “O segundo turno é uma etapa da eleição totalmente diferente. Ainda temos 30 dias para a eleição”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.