Souto comemora, mas diz não acreditar em pesquisas

Candidato do DEM ao governo da Bahia apresenta crescimento de acordo com a última pesquisa do Datafolha

Lucas Esteves, iG Bahia |

Talvez inspirado pela própria experiência, o candidato demista ao governo da Bahia, Paulo Souto, disse repetidamente durante a campanha deste ano não acreditar que pesquisas de intenção de voto possam revelar o vencedor de uma eleição. Mas, nem por isso, Souto deixou de comemorar, nesta sexta-feira (24), seu avanço em quatro pontos, de 18% para 22%, na a disputa ao governo da Bahia, dados divulgados pelo Instituto Datafolha.

Sem se preocupar com possíveis críticas à sua atuação quando governador, Souto afirmou também que o “fracasso eleitoral” é destino certo para “um governante que cria tantas expectativas no povo e passa todo o mandato sem nada fazer”.

Em 2006, todas as pesquisas davam Souto governador reeleito em primeiro turno, mas o candidato petista, Jaques Wagner, conseguiu reverter a situação em seu favor e venceu o pleito. Em 2010, o contexto parece semelhante, porém invertido, já que o governador Jaques, que tenta a reeleição, lidera o pleito com 48% da intenção de votos, 26 pontos de frente. Apesar da queda de cinco pontos, o Datafolha demonstra forte tendência à sua vitória no primeiro turno.

    Leia tudo sobre: eleições basoutopesquisa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG