Siqueira requer tempo perdido na TV

Candidato no Tocantins pede à Justiça os 7m e 27s retirados do programa pelo TRE e faz carreata em Palmas

Menezes y Morais, iG Brasília |

A assessoria jurídica do ex-governador do Tocantins Siqueira Campos (PSDB), candidato à reeleição, informou nesta manhã que impetrou mandado de segurança na Justiça para recuperar os 7 minutos e 27 segundos do tempo da propaganda eleitoral do candidato retirados pela Justiça Eleitoral. Por outro lado, reafirmou para hoje a realização de carreata e comício em Palmas.

“A Justiça utilizou avaliações diferentes em casos iguais. A punição a coligação de Siqueira foi estabelecida porque o tempo de deputados federais foi utilizado para apresentação de reportagens que faziam referência ao governador e candidato à reeleição, Carlos Gaguim (PMDB),” diz a nota da coligação “Tocantins Levado a Sério.”

A assessoria declarou ainda que “a coligação de Gaguim ('Força do Povo') também utilizou o tempo dos deputados federais para criticar Siqueira. A única diferença foi que os ataques dos governistas aconteceram de forma editada, o que tira, ainda mais, a credibilidade das agressões.”

Comício

A assessoria de Siqueira reafirmou a realização de um comício seguido de carreata a partir das 15h30 desta quinta-feira em Palmas. A carreata tem concentração nas proximidades do antigo Palacinho, no final da Avenida JK, em direção à região Sul, onde será realizado o comício, no Aureny I, na Avenida Tocantins, às 20h30.

Antes da carreata e comício anunciados para hoje Siqueira cumpre agenda de campanha nas cidades de Santa Terezinha, Nazaré e Itaguatins, onde também anuncia “reuniões com a comunidade e lideranças,” conforme nota divulgada por sua assessoria hoje pela manhã.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG