Siqueira recebe Tocantins endividado

Governador eleito, que assume em janeiro, vai administrar déficit de R$ 837 milhões no primeiro ano de gestão

Gilson Cavalcante, iG Tocantins |

No Tocantins, o governador eleito Siqueira Campos (PSDB) será empossado no poder no dia 1º, com um déficit orçamentário da ordem de R$ 837 milhões. As previsões são da bancada de oposição ao governador Carlos Gaguim (PMDB) e de apoio a Siqueira. Os parlamentares da base de sustentação do futuro governo, com o apoio de técnicos, elaboraram um estudo para verificar esse impacto.

O estudo foi feito após aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2011. A aprovação da LDO previu um repasse de R$ 697 milhões para Assembleia Legislativa, Ministério Público Estadual (MPE), Tribunal de Justiça (TJ), Tribunal de Contas (TC) e Defensoria Pública (DP), correspondendo a um aumento de 12,96%.

No vermelho

Na análise da oposição, as finanças do Estado podem fechar no vermelho ainda este ano. “O Estado já está no vermelho. O governo tem que quitar três folhas de pagamento (incluindo o 13º salário dos servidores) até o final do ano e, por isso, cortou o plano de Saúde, e reduziu a carga horária dos funcionários”, avaliou o deputado Raimundo Moreira (PSDB).

Para o parlamentar tucano, a arrecadação “não cobre as loucuras que foram feitas neste Estado”. Ele garante que a situação econômica do primeiro ano do governo de Siqueira Campos “será complicada em razão dos aumentos dos repasses ao Legislativo e Judiciário e outras instituições.” A oposição acredita que a situação ainda pode ser atenuada, com a votação da LDO prevista para ser aprovada este mês.

Ponderações

A bancada siqueirista acha que os valores na LDO podem ser redefinidos na discussão da matéria e “dar sobrevida financeira” ao novo governo que começa em 1º de janeiro.
“Espero que na votação do orçamento a gente, dialogando com mais profundidade, possa amenizar alguma coisa”, ponderou o deputado Moreira.

A bancada de oposição à Gaguim entende que o governo vive uma “frustração” na projeção das receitas liquidas da arrecadação de 2010. De acordo com levantamentos da bancada, em 2010 o governo tinha uma previsão de arrecadar R$ 3.420.751.000,00, mas uma projeção anual aponta que o governo deve arrecadar cerca de R$ 380 milhões a menos.

    Leia tudo sobre: eleições tosiqueira togaguim toldo todéficit

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG