Siqueira promete descentralizar governo

Candidato do Tocantins diz que vai construir hospitais regionais e escolas em tempo integral

Gilson Cavalcante, iG Tocantins |

O ex-governador do Tocantins Siqueira Campos (PSDB), candidato à reeleição, reafirmou em comício ontem a noite, na cidade de Paraíso, que vai descentralizar a administração publica no Estado e construir 18 escolas que funcionem em regime de tempo integral e 18 hospitais regionais. Ele também aproveitou para criticar o adversário Carlos Gaguim (PMDB).

“Vocês sabem por que eu voltei, eu não ia ser mais candidato a nada, mas eu tinha deixado um plano de governo que não foi cumprido por meus antecessores.” E na manhã desta quinta-feira, Siqueira afirmou, por meio de sua assessoria: “Se o Estado ficar mais um ano na mão desse pessoal estará irremediavelmente falido.”

O candidato tucano destacou “a importância da família” para reiterar suas críticas ao adversário. “A família é uma instituição de Deus e eu acredito que ela deve se fortalecer com bons exemplos, de homens públicos sérios e honrados. Nunca desonrei o meu Estado, nunca fui desonesto.”

Em seguida citou as investigações do Ministério Público Estadual de São Paulo (MPE-SP) que enviou relatório ao Tribunal Superior de Justiça, em Brasília (DF), onde o nome de Gaguim é citado 66 vezes: “Este grupo que está aí faz parte, segundo o Ministério Publico, de uma quadrilha”.

O tucano foi ainda mais duro ao acrescentar: “Este Estado não vai virar uma esculhambação, não, só por cima do meu cadáver. Eu tenho um relacionamento maravilhoso com as lideranças políticas, mas com ladrão do dinheiro público não. Com estes é pau,” concluiu.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG