Siqueira pede ajuda à Ásia e Europa

Governador eleito do Tocantins diz que procura parcerias para desenvolver a economia do Estado

Gilson Cavalcante, iG Tocantins |

O governador eleito Siqueira Campos (PSDB) informou hoje que manteve contatos com instituições internacionais para conseguir financiamentos para o processo de industrialização do Tocantins. E que vai à Ásia e Europa manter contatos com grupos empresariais até o final do ano.

“Vou buscar recursos a fundo perdido para fazer as transformações socioeconômicas que o povo tocantinense tanto almeja. Temos que investir no beneficiamento de nossas matérias-primas, para ampliar nossas exportações. Para isso, defendo a agregação de valores aos produtos tocantinenses,” disse em entrevista coletiva em Palmas.

Transição

Siqueira reafirmou que vai promover “um choque de gestão,” na administração pública “sem rancor, nem mágoa,” para promover “profundas mudanças na administração do Estado.” E garantiu que “não vai precisar guerrear com ninguém.”

Quanto ao fato do PSDB não ter elegido bancada majoritária à Assembleia Legislativa, disse que “não vou ficar com querelas, provocando dissensões. Fui eleito para ser governador de todos os tocantinenses. Quem estiver disposto a contribuir com o nosso governo, terá oportunidades, até os adversários.”

Siqueira informou que o seu filho, o ex-senador Eduardo Siqueira, vai coordenar a equipe de transição de governo. E disse esperar que o governador Carlos Gaguim (PMDB), seu adversário de campanha, “abra as portas da administração para obter todas as informações e assumir o Governo ciente da realidade financeira do Estado.”

Por fim, assegurou que não tem nada contra ninguém e que fará um governo de “harmonia e paz, virtudes, fundamentais para fazer as mudanças” institucionais que planejou durante a campanha eleitoral.

    Leia tudo sobre: Eleições tosiqueira toeduardo toeconomiatransição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG