Siqueira defende reforma política

Candidato ao governo do Tocantins critica reeleição, pede voto distrital misto e redução do ICMS

Gilson Cavalcante, iG Tocantins |

O candidato a governador do Tocantins Siqueira Campos (PSDB) entende ser necessária uma reforma política que acabe com a reeleição. Ele defende mandato de cinco a seis anos. A posição do tucano foi manifestada nesta quinta-feira durante entrevista na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). “Muitos, não são todos, usam a estrutura de poder para uma reeleição que não merecem,” afirmou.

Siqueira disse que é a favor também do voto distrital misto. Sobre outros temas, como a reforma tributária, o tucano defendeu a criação do imposto único. O candidato disse ainda que se for eleito vai 250 escolas de tempo integral no Estado, seja construindo ou adaptando as escolas existentes. E que vai implantar um pacote de mudanças que ele denominou de “economia de prosperidade”.

Para isso, afirmou que pretende aproveitar as potencialidades econômicas do Estado. Nos seus planos de governo, o candidato fala em redução de impostos, atração de empresas e abertura de novas vagas de trabalho.“Eu quero reduzir a carga tributária no que é possível para fazer a economia de prosperidade, levando o dinheiro a circular nas mãos dos pobres,” afirmou o candidato do PSDB.

Na sua análise, a redução de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) é uma experiência bem sucedida de seus governos anteriores e não gera queda na arrecadação do Estado. “Quando eu reduzi, a receita cresceu,” lembrou. Na área de segurança pública, afirmou:“Quando uma pessoa mata ou rouba a culpa não é do bandido, mas nossa, da sociedade, do poder público e dos políticos que falham”.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG