Silval anuncia reforma no Mato Grosso

Governador eleito vai reformar três secretarias em janeiro, mas assegura que não loteará cargos entre aliados

Kelly Martins, iG Cuiabá |

O governador eleito do Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB), revelou que até a segunda quinzena de janeiro começará as mudanças prometidas em seu plano de governo. A secretaria de Projetos Estratégicos se transformará em secretaria das Cidades, a de Desenvolvimento Rural passará a ser de Reforma Agrária e Irrigação.

O governador eleito também dividirá a atual pasta de Justiça e Segurança Pública, transformando em duas, mas não acrescentou detalhes. De acordo com ele, a extinção da secretaria de Infraestrutura do Estado (Sinfra) também está sob análise e poderá se transformar na pasta dos Transportes.
Pressões dos aliados

Silval Barbosa disse ainda que não vai ceder às “pressões de aliados” que estão reivindicando cargos na administração estadual diante da "promessa" de que "acomodaria" os 11 partidos coligados, que ajudaram na sua reeleição dia 3. Ele confirmou que existem “mudanças sendo estudadas,” como o desmembramento e criação de secretarias de Estado.

Mas assegurou que não "loteou" nenhuma pasta durante a campanha eleitoral em troca de apoio."Não vou me sentir pressionado em nada. Acredito que seja um processo natural dos partidos, mas não vou ceder às pressões." Entretanto, informou que estuda uma forma de “inserir” no governo aqueles que apoiaram a sua candidatura e acrescenta: "quem ajudou a ganhar ajudará a governar".

Partidos da coligação

Entre os partidos aliados de Silval, o diretório regional do PR informou que vai requerer mais espaço na equipe administrativa do governador eleito, que tomará posse dia 1º de janeiro. Uma radiografia do crescimento da sigla no Estado depois do dia 3 de outubro será entregue ao governador eleito.

O PR elegeu seis deputados estaduais, dois federais e o ex-governador Blairo Maggi, senador eleito com mais de um milhão de votos. Além do PMDB e o PR, Silval terá que atender o PT, PP e os sete partidos considerados nanicos PTN, PRB, PTC, PSC, PHS, PRP e PCdoB, da coligação "Mato Grosso em Primeiro Lugar."

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG