Sidney Leite diz que não tem pendências na Justiça

Ex-prefeito no Amazonas assegura que é vítima de campanha difamatória na internet

Menezes y Morais, iG Brasília |

O ex-prefeito de Maués e candidato a deputado estadual Sidney Leite teve suas contas aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Amazonas, conforme “decisão publicada no Diário Oficial de 17/11/2009, de número 31.715.” As contas do candidato tamém foram aprovadas pela Câmara Municipal de Maués," informou através de sua assessora de imprensa.

Sidney “pagou a multa no valor de R$ 5.320,50 junto à Justiça Eleitoral, aplicada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE),” relativa à época em que foi candidato a vice-governador. “No entanto ele nunca foi notificado sobre tal. Mesmo assim, ao saber extra-oficialmente da mesma, pagou o valor aplicado, antes de ser notificado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE),” acrescentou.

A mesma fonte garantiu que Sidney é “vítima” de campanha difamatória na internet por conta desses episódios. E que “toda a documentação” relativa aos processos envolvendo Sidney “está disponível. O candidato possui, ainda, certidões da Justiça Eleitoral: uma antes de fazer seu registro de candidatura."

"E a outra após o Ministério Público (MP) ter recomendado sua impugnação alegando pendências na prestação de contas. Sidney não pendências junto à Justiça Eleitoral." Um dos processos, que é usado de forma “difamatória” contra Sidney na internet, “está inconcluso: a juíza Joana dos Santos Meirelles, que pediu vistas do processo, ainda não se manifestou,” concluiu a assessoria de Sidney Leite.

    Leia tudo sobre: eleições amsidney leite ammp am

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG