Sete anos após alfabetização, Marina fez vestibular

Senadora aprendeu a ler apenas aos 16 anos e aos 23 entrou na faculdade de História, no Acre

Raphael Gomide, enviado especial ao Acre |

Maria Osmarina da Silva se classificou em 18º lugar no vestibular de História da Universidade Federal do Acre (UFAC), como mostra a ficha da aluna a que o iG teve acesso. Com a matrícula 81.13.19.18, Marina iniciou o curso no primeiro semestre de 1981, com recém-completados 23 anos, apenas sete depois de se alfabetizar.

A UFAC não permitiu que o documento e o histórico escolar fossem fotografados ou xerocados, a pedido da assessoria da campanha de Marina, que o considera material pessoal da senadora.

A reportagem, porém, viu as notas do histórico escolar, que revela uma aluna com média de 83,4. A então estudante de História também não teve nenhum 10, mas passou perto: obteve um 9,9 em Geografia Humana (matéria que pode lhe ajudar na campanha) e três 9,8, duas vezes em História do Brasil e uma em Historiografia do Brasil.

Sua pior nota no curso todo, dentre 44 matérias, foi 5,8 em Português – também a mais fraca no primeiro semestre. Marina recebeu mais quatro notas abaixo de 7; as demais foram acima de 8.

Seu melhor semestre foi o penúltimo período, em 1984, quando obteve 87,8 de média, em cinco matérias; o “pior” foi o terceiro período, em 82, quando teve 79,5 em quatro disciplinas.

Marina Silva colou grau em 11 de janeiro de 1985. Em 1984, já dava aulas no Instituto Imaculada Conceição. Depois continuou carreira como professora de ensino público e iniciou carreira sindical e política tendo como base a classe.

    Leia tudo sobre: Marina SilvaPVPresidênciaEleições 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG