Serra vai a Manaus reforçar apoio à Zona Franca

Tucano deve desmentir boato de que acabaria com o benefício no Estado onde o PSDB teve a pior derrota em 2006

Nara Alves, iG São Paulo |

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, estará nesta sexta-feira na capital do Amazonas para reforçar seu apoio à Zona Franca de Manaus. O objetivo da viagem é desmentir boatos atribuídos por tucanos a colaboradores petistas de que Serra, se eleito, acabaria com o benefício tributário na região. Serra dará duas entrevistas a emissoras locais, terá um almoço com 200 empresários no Hotel Tropical, visitará a fábrica da Honda e fará uma caminhada.

Em sua última passagem pelo Amazonas, em abril, ainda como pré-candidato, José Serra se comprometeu a tornar a Zona Franca permanente, sem a necessidade de renovação constante de seu período de duração. Na ocasião, Serra também defendeu a reestruturação a agência que substituiu a antiga Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), extinta no governo Fernando Henrique Cardoso.

Nas eleições presidenciais de 2006, o Amazonas foi o Estado em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve sua vitória mais expressiva, com 86,8% dos votos válidos no segundo turno. Foi também onde ocorreu a pior derrota do candidato tucano Geraldo Alckmin, com apenas 13,2% dos votos.

Neste ano, tucanos e aliados temem que o quadro se repeta. Isso porque o nome mais forte da legenda no Amazonas, o do líder tucano no Senado, Arthur Virgilio, é candidato à reeleição. Sem candidato ao governo do Estado, o PSDB coligou-se com o PV. A vice-presidente do PV em Manaus, Eliane Ferreira , disse ao iG que o senador subirá no palanque da presidenciável Marina Silva para pedir votos à candidata no Amazonas, o que poderia enfraquecer a campanha de Serra no Estado.

    Leia tudo sobre: Eleições SerraAmazonasArthur Virgíliopleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG