Serra: 'Um mês é muito tempo para o povo decidir'

Tucano diz que as eleições são uma "batalha nacional dura e difícil" e vai investir na campanha em Minas Gerais

Nara Alves, enviada a Varginha (MG) |

O candidato tucano à Presidência, José Serra, pregou o otimistmo hoje em Varginha, no Sul de Minas. Ao lado do ex-governador mineiro e candidato ao Senado pelo PSDB, Aécio Neves, e do atual governador do Estado, Antonio Anastasia, candidato à reeleição, Serra afirmou que ainda há tempo de reverter o quadro. "Um mês é pouco para a nossa energia, mas é muito tempo para o povo decidir", afirmou.

Rodrigo Lima / Nitro
Anastasia, Aécio e Serra em Varginha
Serra classificou as eleições de "batalha nacional dura e difícil" e demonstrou que pretende investir na campanha em Minas Gerais. "Se formos bem em Minas, nós vamos bem no Brasil. E vamos caminhar juntos e vamos governar juntos com Minas Gerais. Minas é Brasil, Brasil é Minas", disse. O candidato tucano fez uma carreata hoje no centro de Varginha.

O presidenciável voltou a criticar o governo Lula ao afirmar que faltam incentivos agrícolas à produção de café. Serra defendeu maior proteção ao produtores e melhor infraestrutura. "Precisamos de uma política de governo que apoie para que (a produção de café) possa render. É preciso ter uma política de estoques regulatórios, preço mínimo e seguro agrícola", afirmou.

Depois de Varginha, Serra seguiu para Itajubá, também no Sul de Minas, onde está programado um encontro político com lideranças locais e uma caminhada pelo centro da cidade.

    Leia tudo sobre: eleições serrapleito 2010aécio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG