Serra teme abstenção no dia da eleição por causa do feriado

Candidato tucano pede que eleitor ¿troque um feriado por um feliz Ano Novo¿

Nara Alves, enviada a Araraquara |

Agência Estado
José Serra em Araraquara, SP
O candidato à Presidência pelo PSDB José Serra admitiu que o partido se preocupa com a quantidade de eleitores que podem faltar às urnas no próximo domingo (31). Em discurso na cidade de Araraquara, no interior de São Paulo, nesta manhã de sábado, o tucano afirmou que é uma preocupação do partido que o índice de abstenção prejudique seu desempenho no segundo turno das eleições. De acordo com ele, o PSDB teme que o número de faltosos, principalmente em São Paulo, seja insuficiente para influenciar o resultado final.

“É muito importante adiar um pouquinho a curtição do feriado”, afirmou Serra. O tucano pediu aos eleitores que “em vez de viajar na sexta, viajem no domingo e troquem um feriado por um feliz Ano Novo”. De acordo com o candidato, “essa é uma semana fundamental para pedir para as pessoas não viajarem.”

Além do feriado, outra preocupação dos tucanos é que eleitores, militantes e aliados esmoreçam na reta final por conta das pesquisas eleitorais. Nos últimos dias, lideranças tucanas vêm pregando a falta de credibilidade dos institutos de pesquisas. Hoje, José Serra voltou a criticar o Ibope que, segundo ele, errou até na boca-de-urna.

O tucano ainda falou sobre o Vox Populi, instituto que, de acordo com ele, é “comprado”. Para reforçar a sua tese, o tucano deu como exemplo o caso do deputado Gustavo Fruet (PSDB) do Paraná, que não conseguiu se eleger. “Ele não se elegeu por causa das pesquisas. Até a véspera tinha diferença de 10% mas ele perdeu por 1%”.

    Leia tudo sobre: eleições serrapsdbabstenções

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG