Serra recebe sugestões inusitadas para programa de governo

Relatório divulgado hoje pelo PSDB mostra propostas que vão desde redução de impostos até mudança no logo da Copa 2014

Nara Alves, iG São Paulo |

A campanha do candidato à presidência pelo PSDB, José Serra, divulgou nesta quinta-feira o relatório de atividades do Proposta Serra ( faça aqui o download ), site que recebeu até o dia 20 de setembro contribuições de internautas para o programa de governo do presidenciável. Segundo o relatório, 19 mil participantes do PSDB, DEM, PPS e sem partido fizeram 8.311 contribuições em 40 temas diferentes. As sugestões foram aproveitadas na elaboração do programa que será apresentado por Serra antes do primeiro turno. Boa parte deste conteúdo, no entanto, deverá ficar de fora do documento final.

Reprodução
Capa do relatório de atividades do site

Entre as sugestões mais abordadas por internautas estão diversas propostas que já foram apresentadas pelo tucano ao longo da campanha, como a de mudança cambial visando a "maior exportação de bens de maior valor agregado", a "ampliação da fiscalização das fronteiras para combate ao tráfico de drogas e armas" e a "transparência e prestação de contas na internet".

Muitas sugestões, no entanto, deverão ficar de fora do Programa de Governo final de José Serra. Na questão das drogas, por exemplo, mais participantes se posicionaram a favor da descriminalização das drogas, em especial da maconha, do que contra. E Serra tem se posicionado contra a descriminalização da maconha.

Outras propostas que constam na lista das mais abordadas, algumas polêmicas ou inusitadas, são o "fim das cotas raciais nas universidades", o "fim da obrigatoriedade do serviço militar", a "revisão das divisões territoriais estaduais", o "fim da obrigatoriedade da contribuição sindical", a "criação de um ministério da Juventude", a "legalização de bingos e cassinos para promoção do turismo e desenvolvimento do Nordeste", além da "necessidade de mudar o logo da Copa 2014".

Segundo o relatório, produzido pelo coordenador do programa de governo de Serra, Xico Graziano, os participantes foram pessoas indicadas pela coligação “O Brasil pode mais”. "Os interlocutores são estudiosos e entusiastas voluntários da candidatura Serra, pessoas importantes e comprometidas que dominam o conteúdo de cada agenda setorial", diz o documento de 50 páginas.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG