Serra quer vantagem de 1,5 milhão de votos em SC

Candidato tucano se recusou a comentar o resultado da pesquisa Vox Populi, em que aparece oito pontos atrás de Dilma

Nara Alves, em Blumenau |

Para recuperar a desvantagem nas pesquisas de intenção de voto, o candidato tucano à Presidência, José Serra, quer vencer em Santa Catarina com 1,5 milhão de votos de vantagem sobre a presidenciável petista, Dilma Rousseff.

Nesta sexta-feira, em Blumenau, durante a inauguração do comitê de campanha do candidato ao governo de SC na chapa tucana, Raimundo Colombo (DEM), Serra disse que adotou o cálculo feito pelo PSDB local.

“Todo mundo sabia que Geraldo Alckmin ia perder (em 2006), mas aqui em Santa Catarina Alckmin venceu com 810 mil votos de diferença”, disse o ex-governador do Estado e candidato ao Senado, Luiz Henrique Silveira (PMDB). Dirigindo-se a Serra, Silveira completou se comprometendo a ampliar essa diferença neste ano. “Nós vamos lhe dar 1,5 milhão de votos de diferença na eleição como presidente da República”, afirmou.

Após a inauguração do comitê, José Serra encerrou a visita ao Estado na Festitália, que acontece na Vila Germânica, mesmo local da October Fest de Blumenau. O candidato cantou músicas tradicionais italianas, comeu pizza e tomou vinho com os candidatos da chapa tucana.

Pesquisa Vox Populi

Serra se recusou a comentar a pesquisa divulgada hoje pelo instituto Vox Populi, em que Dilma aparece com oito pontos de vantagem. Ele justificou que não se sentia à vontade para falar sobre a sondagem por desconhecer o resultado.

Esta foi a segunda vez que o tucano esteve em Santa Catarina desde a pré-candidatura. Em maio, ele esteve em Camboriú em um evento com mais de 10 mil pessoas realizado pela igreja evangélica Assembleia de Deus.

    Leia tudo sobre: serrapesquisaeleições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG