Serra promete salário mínimo de R$ 600 em passeata no Rio

Populares hostilizaram candidato tucano gritando o nome de Dilma Rousseff

Manuela Andreoni, iG Rio de Janeiro |

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, disse na tarde desta sexta-feira (10) que, caso vença as eleições, irá reajustar o salário mínimo para R$ 600 em seu primeiro ano de governo. A promessa foi feita durante uma caminhada pelo centro do município de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Atualmente o valor do salário mínimo é de R$ 510.

Durante a passeata, Serra também afirmou que irá priorizar a construção da Linha 3 do metrô no Rio. O projeto prevê a ligação de Niterói a São Gonçalo em um total de 12 km de linha metroviária. Mesmo com as promessas, o candidato tucano chegou a ser hostilizado em alguns momentos com populares gritando o nome da petista Dilma Rousseff e frases como “Serra é do mal”.

Análise

Mais cedo, em sabatina na sede do jornal "O Globo", Serra se disse cético em relação ao Mercosul. Na passeata em São Gonçalo, o tucano esclareceu sua posição em relaçao ao bloco econômico. Segundo ele, os acordos feitos nos últimos anos foram feitos de forma errada. Para Serra, algumas etapas foram puladas, acarretando em uma zona de livre comércio e uma união aduaneira inacabadas. "Isso porque todos os países não possuem a mesma política fiscal", ressaltou. 

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG