'Serra não é contra o trem-bala', diz Alckmin

O presidenciável tucano, José Serra, defendeu que o trem fosse trocado por metrô em capitais brasileiras

Piero Locatelli, iG São Paulo |

O candidato ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse que o presidenciável José Serra (PSDB) não é contra o trem-bala entre São Paulo e Rio de Janeiro, proposta do governo federal. Ontem, Serra havia dito que o trem-bala “não tem demanda e não transporta carga” e que o dinheiro seria melhor aplicado em metrôs.

Alckmin saiu em defesa do correligionário nesta quarta-feira. “O Serra não é contra o trem-bala. O que ele falou é o seguinte: se for para por dinheiro público, é melhor por em metrô. É melhor por em trem na região metropolitana porque a demanda é muito maior”, disse Alckmin.

O candidato ao governo tucano disse não ver problema no projeto, desde que ele não tenha dinheiro público. “Eu vejo que o TAV (Trem de Alta Velocidade) tem que se viabilizar por dinheiro privado. Concessão seria ideal. Ou PPP (parceria público-privada) com o mínimo de dinheiro público”, disse Alckmin, na saída de um almoço com sindicatos de corretores e seguradores do Estado de São Paulo.

    Leia tudo sobre: Geraldo AlckminJosé Serratrem-balaPSDBeleições 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG