Serra grava programa de TV em casa do CDHU

Candidato do PSDB à Presidência fez campanha na comunidade de Heliópolis, onde criou escola técnica e ambulatório

Nara Alves, iG São Paulo, e Adriano Ceolin, iG Brasília |

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, gravou na tarde de hoje um programa de TV na casa de um morador do CDHU, no bairro paulistano de Cidade Nova Heliópolis. O conjunto habitacional foi construído na gestão de Serra quando ele foi prefeito de São Paulo. Serra estava acompanhado do candidato ao governo do Estado Geraldo Alckmin (PSDB) e a gravação foi feita a convite do morador da casa.

Heliópolis ficou conhecida como a maior favela do Brasil. O tucano tenta vincular sua imagem a realizações para as classes mais pobres, bandeira que atualmente pertence ao PT e ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Agência Estado
Serra em visita à Heliópolis
Com quase 120 mil habitantes, Heliópolis é um antigo reduto do PT. Contudo, nos últimos anos, a comunidade ganhou uma série de obras da prefeitura e do governo do Estado de São Paulo. De janeiro de 2005 a abril de 2006, Serra foi prefeito e, nos últimos três anos e meio, ocupou o cargo de governador paulista.

Na caminhada que fez hoje à tarde pela favela, o tucano visitou instalações da AME (Ambulatório Médico de Especialidades), o programa de urbanização do CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) e a construção de uma Escola Técnica na comunidade.

Em setembro do ano passado, quando inaugurou a escola técnica, Serra chegou a usar um jargão do presidente Lula para destacar as ações do governo de São Paulo na comunidade. “Nunca na história de Heliópolis, o poder público esteve tão presente", disse Serra, que na oportunidade prometera criar 52 escolas técnicas no Estado

Ex-vereadora pelo PT e ex-subprefeita da Lapa, a atual coordenadora da campanha tucana na internet, Soninha Francine (PPS), atuou como voluntária em Heliópolis no começo desta década. Ela afirma que Serra e o atual prefeito Gilberto Kassab (DEM) “de fato investiram muito” na comunidade.

“Sem dúvida alguma, o PSDB pode dizer sim que atua pelos mais pobres. E faz isso com muita qualidade no produto final”, afirmou Soninha. “Além da AME, da escola técnica e do programa de urbanização de favela, Serra e Kassab aumentaram o número de creches na comunidade”, complementou a ex-vereadora petista.

Deputado estadual pelo PSDB de São Paulo, Orlando Morando acompanhou Serra na inauguração da escola técnica. “Não acho que lá seja um reduto petista. Para mim, é mais neutro. Nunca tive problemas ao ir lá”, disse. “O Serra fez um excelente trabalho lá. A AME de Heliópolis é a mais moderna de São Paulo”, completou.

“É pouco”, diz analista político

Autor do livro “A Cabeça do Eleitor”, o consultor político e sociólogo Alberto Carlos Almeida foi um dos primeiros analistas a apresentar pesquisas mostrando a forte vinculação entre o PT e as classes mais pobres. Ele apresentou estudos à Executiva do PSDB ainda no fim do ano passado.

“Sem dúvida alguma, o PT conseguiu fazer isso. O PSDB precisa tentar conversar mais com esse eleitorado”, disse. Almeida, no entanto, disse “é pouco” visitar uma favela em São Paulo. “O ideal é conhecer comunidades de outros Estados. Tem de mudar essa imagem de que o PSDB é elitista”, completou.

Ocupação tem quase 40 anos

A comunidade Heliópolis, por incrível que pareça, nasceu a partir de uma iniciativa da Prefeitura. Em 1971, cerca de 100 famílias foram transferidas para lá. Elas ocupavam uma outra favela na Vila Prudente que precisava ser desocupada para a construção de um viaduto sobre o rio Tamanduateí. Na verdade, o assentamento seria provisório, mas rapidamente foi povoado.

Em 1987, moradores da favela se uniram para criar uma organização não-governamental batizada  de UNAS (União de Núcleos, Associações e Sociedades dos Moradores de Heliópolis e São João Clímaco). O grupo fez parcerias com a iniciativa privada para regularização de terrenos e realização de obras como quadras esportivas.

    Leia tudo sobre: EleiçõesSerraLula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG