Serra gostou da seleção na estreia da Copa

O candidato do PSDB achou a partida tranquila e disse que a equipe está 'esquentando os motores'

iG Rio de Janeiro |

Diferentemente de muitos outros brasileiros, o candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, gostou da atuação da seleção contra a Coreia do Norte e considerou que, para o começo de Copa “está muito bom”. Na opinião de Serra, o time está só “esquentando os motores”.

AE
Tucano derrubou a cadeira ao vibrar pelo segundo gol da seleção
“Para o começo está muito bom e com jogadores tendo um desempenho excelente”, disse, no Rio, após assistir à partida na churrascaria Plataforma, reduto do Flamengo, ao lado da presidente do clube carioca, a vereadora Patrícia Amorim (PSDB).

Serra acertou no seu palpite, ao chegar ao restaurante. “Achei que foi uma partida tranquila, o 2 a 1não refletiu a superioridade do Brasil, porque a Coreia do Norte marcou na única oportunidade que criou, e o Brasil perdeu várias. O time jogou bem, tranquilo, está esquentando os motores.”

O governador disse que o jogo não lhe causou “nenhuma apreensão”. Para o candidato tucano, o gol de Maicon – que chamou de “Maicón” – vai entrar para a História. “O Maicon fez um gol que vai virar um clássico, porque não tinha ângulo, eu achei que a bola tinha ido por fora. E ele pôs a serviço a probabilidade mínima de a bola encaixar entre a trave e o goleiro. Realmente um gol que a gente vai lembrar sempre. O segundo gol também foi muito bonito, mas o primeiro realmente vai entrar para a História”, afirmou.

Serra disse que quer mudança, mas não daria palpite. Palmeirense, ele foi diplomático e afirmou que visitaria outros clubes, até mesmo o arquirrival Corinthians. “Se for convidado, claro, eu vou. Ao Corinthians já visitei bastante. Sou palmeirense, mas gosto de todos os times”, riu.

O candidato tucano também gostou da contratação de Luiz Felipe Scolari para seu time de coração, e criticou os atletas do clube. “Adorei, porque o Filipão vai introduzir aquele fator que o Palmeiras está precisando muito, os jogadores: disciplina, espírito de equipe, lealdade para com o técnico. Ele tem esse diferencial, essas virtudes como o técnico, e acho que veio na hora necessária para a nosso time”, disse.

Hipocondríaco, Serra ficou preocupado ao ser perguntado se estava doente, mas demonstrou bom humor. “Não [estou doente], só resfriado. Estou com cara de doente? Eu já sou hipocondríaco, se começar a perguntar vou ficar preocupado”, disse.

    Leia tudo sobre: SerraCopa do MundoPSDBEleições 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG