Serra e Dilma extrapolam lei eleitoral, diz Marina

A pré-candidata do PV à Presidência da República disse hoje que os outros concorrentes estão extrapolando a lei eleitoral

iG São Paulo |

A pré-candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, disse hoje, em entrevista à Rádio CBN, que os outros concorrentes ao posto estão extrapolando a lei eleitoral, e que a exclusão de seu nome nas faixas de apoio ao pré-candidato do PV ao governo do Rio de Janeiro, Fernando Gabeira, no fim de semana, foi para não ferir a legislação. "Não tem nada a ver com política. Isso foi uma orientação de quem entende da legislação e não quer extrapolar como estão extrapolando aí a torto e a direito", disse a senadora pelo Acre, se referindo aos pré-candidatos José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT). 

Na festa do lançamento da pré-candidatura de Gabeira, ontem, que reuniu os quatro partidos da aliança ao governo do Rio de Janeiro - PV, PSDB, DEM e PPS -, militantes do PV cobriram o nome da senadora escrito nas faixas do partido. O próprio deputado não citou o nome de Marina Silva em seu discurso. 

Segundo Marina, seu nome foi ocultado porque o PV foi notificado pela Justiça eleitoral após um evento em Natal (RN), em que jovens levaram faixas com seu nome. "Com base nessa experiência, a coordenação da campanha do Gabeira orientou para que se escondesse o nome." A candidata disse que seus advogados estão avaliando a notificação da Justiça. "Estou aguardando meus advogados avaliarem essa história da faixa, ainda que seja uma coisa modesta para saber se mesmo involuntariamente nós também não extrapolamos. Defendo que cumpramos a lei." 

Na última sexta-feira, o Ministério Público eleitoral apresentou representação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo a aplicação de multa à pré-candidata do PV à Presidência por propaganda antecipada. Segundo a procuradoria, a propaganda aconteceu no dia 11 de maio, em evento na Assembleia do Rio Grande do Norte. No ato, Marina recebeu o título de cidadã do Estado. O Ministério Público afirma que a propaganda aconteceu por causa de um banner fixado no prédio da Assembleia. A faixa tinha uma foto da pré-candidata e a frase "Marina é a cara do Brasil". 

Voto

A respeito da declaração de Gabeira, de que votaria em Serra, Marina preferiu não polemizar e disse que é bom Serra apoiar a candidatura do deputado federal ao governo do Rio de Janeiro. "O Gabeira está numa coligação que está sendo construída de uma forma delicada, o governador Serra está apoiando e é muito bom. Significa que o Gabeira é o melhor para o Rio de Janeiro e o Partido Verde e seu projeto é o melhor para o Brasil", afirmou.

    Leia tudo sobre: marina silvapvserradilmagabeira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG