Serra e Dilma dizem respeitar posição do PV

Presidenciáveis dizem que netutralidade dos verdes no segundo turno deve ser encarada como parte da democracia

Agência Brasil |

Após o debate realizado ontem na Rede TV!, os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) disseram que respeitam a decisão tomada pelo PV de se manter neutro no segundo turno. “Eu respeito a decisão dos partidos. Sobretudo é fundamental que a gente respeite as posições políticas porque senão não vivemos numa democracia, mas sim numa ditadura”, afirmou Dilma Rousseff.

Serra também falou que respeita o que foi decidido pelo PV, embora não tenha visto a decisão. “Respeito a decisão de qualquer partido sobre o rumo que ele deve tomar. Sempre respeitei. Cada partido tem a sua identidade e é meio constrangedor a gente ficar metendo o bico”, disse.

Em entrevista após o debate, a candidata do PT comentou sobre os folhetos apreendidos nesse domingo pela Polícia Federal, assinados pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e que pediam votos contra o partido, alegando que este defenderia o aborto. “Eu não sei se foi a CNBB que produziu os panfletos. Isso está sob investigação e é bom que seja investigado. Eu não sou uma pessoa leviana que sai por aí acusando ninguém”, disse.

Serra, por sua vez, voltou a afirmar que defende a união homossexual. “Trata-se de um contrato entre pessoas, em que o Estado não se mete. Isso não é a mesma coisa que casamento, que envolve Igreja, outras coisas. O próprio Judiciário reconhece essa possibilidade porque é um contrato entre duas pessoas”, acrescentou.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG