Presidente do PTB, aliado do tucano na campanha, anunciou hoje que votará no candidato do PSOL

Depois de fazer caminhada no centro comercial de Osasco, na Grande São Paulo, o candidato do PSDB à Presidência, José Serra , disse que não estava sabendo do anúncio do presidente do PTB, Roberto Jefferson, que liberou o partido para escolher seus candidatos nas eleições de domingo. Jefferson, que

vinha apoiando a candidatura Serra, publicou hoje no Twitter uma mensagem dizendo que votará no candidato do PSOL, Plínio de Arruda Sampaio. “Estou sabendo por vocês”, disse Serra aos jornalistas.

Procurado pela reportagem do iG, o presidente do PTB respondeu, por meio de sua assessoria, que não dará declarações sobre o seu apoio a Plínio.

Durante entrevista, o tucano lembrou que amanhã é véspera da eleição, “um dia para cada um de nós conversarmos com familiares e amigos a respeito da eleição”. Segundo o candidato, suas propostas “são conhecidas nas áreas de saúde, educação, segurança e emprego”. Até o momento, a campanha tucana não apresentou um programa de governo. Mas, de acordo com o candidato, ele está aperfeiçoando o texto e ainda não conseguiu terminar de revisar o documento.

O candidato também voltou a criticar indiretamente a administração do governo Lula, ao afirmar que “o Brasil precisa de uma administração de mãos limpas, sem escândalos, onde não se perca dinheiro com propinas e desperdício”.

Por causa do mau tempo, Serra transferiu a visita que faria hoje a Diadema para a cidade de Suzano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.