Serra diz que Dilma mentiu sobre salário de delegados de SP

Candidato tucano vai a Salvador lançar Plano Nacional de Segurança, mas anuncia apenas o que ele chamou de "ideias"

Adriano Ceolin, enviado a Salvador |

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra , disse nesta sexta-feira em Salvador que Dilma Rousseff (PT) mentiu ao afirmar que os delegados da Polícia Civil de São Paulo têm os salários mais baixos do País.

A candidata à Presidência pelo PT deu declarações horas antes de o ex-governador paulista lançar o que chamou de “ideias” para a área de segurança pública em Salvador (BA). Serra também disse que suas propostas têm sido copiadas.

“É mentira”, disse, ao responder sobre a declaração de Dilma feita mais cedo. Depois, diante da insistência dos jornalistas, ele resumiu: “Não é verdade (que os salários dos delegados paulistas são os baixos do País). Isso é bobagem”.

nullSerra foi a Salvador para lançar seu “Programa Nacional de Segurança Pública”, cuja principal proposta é a criação de um ministério exclusivo para área. A ideia da nova pasta já havia sido anunciada na fase de pré-campanha.

“Nós não vamos aumentar o número de ministérios. Nós vamos enxugar. Tem ministério demais no Brasil. Tem até uma tal de Sealopra”, disse. “É um negócio de estudos estratégicos, que pode ser um departamento do Ipea”, completou.

O tucano, no entanto, não apresentou um plano detalhado. Ele mesmo disse que estava lançando “ideias, propostas”. Um resumo com três páginas foi distribuído à imprensa.

Nos papéis, foram apresentados quatro pontos que mais parecem críticas do que propostas: combate à circulação de drogas; falta de documento de identidade nacional; cadastro de veículos deficiente; registro de foragidos frágil e parcial.

Durante discurso sobre as propostas, Serra disse que suas propostas têm sido copiadas. “Está havendo cópia de propostas. Eu fiz a policlínicas, que o nome em São Paulo é Ame (Ambulatório de Especialidade)]. Agora uma das candidatas está propondo fazer os Ames”, completou.

    Leia tudo sobre: eleições serraeleições dilmasegurança

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG