Serra defende Transamazônica e Belo Monte

Candidato à Presidência fez comício no Pará ao lado Jatene e evitou críticas ao Governo Lula

Pollyana Bastos, iG Pará |

Em sua primeira visita a Altamira, sudoeste do Pará, o candidato à Presidência da República Jose Serra (PSDB) falou de seus projetos de governo para o desenvolvimento da região. E prometeu asfaltar duas das principais rodovias estaduais, a Transamazônica e a Santarém-Cuiabá. Essas rodovias – reconheceu o candidato – há anos apresentam “problemas de infraestrutura.”

Em discurso que antecedeu a fala de José Serra, Simão Jatene (PSDB), candidato ao governo do Estado, afirmou que a revitalização das rodovias é “dívida antiga do governo federal” com o Pará. Serra se declarou favorável à construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, prometendo contornar os “impasses” em torno do projeto.

Investimento na área de saúde foi outro ponto do discurso, com a implantação de “policlínicas” capazes de realizar “150 mil consultas” mensais no Estado. Serra evitou críticas à sua principal adversária, a candidata Dilma Rousseff (PT), em Belém e em Altamira, onde fez comício às 21h. Ele também evitou temas como a quebra do sigilo bancário de sua filha e o da ministra-chefe da Casa Civil Erenice Guerra.

Por que comício em Altamira? Serra disse que o município foi escolhido pelo “potencial de desenvolvimento “e por ser uma “síntese do Brasil.” Altamira tem cerca de 100 mil habitantes, é o maior município em extensão territorial do país e está localizado a aproximadamente 1000 km de Belém.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG