Serra declara patrimônio de R$ 1,4 mi e pretende gastar R$ 180 mi

Tucano terá o apoio de seis partido PSDB-DEM-PPS- PMN-PT B-PTdoB. O nome da coligação repete slogan: "O Brasil pode Mais".

Adriano Ceolin e Severino Motta, iG Brasília |

José Serra (PSDB) registrou nesta segunda-feira no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sua candidatura à Presidência da República. Declarou que irá gastar na campanha até R$ 180 milhões. Ele declarou ter um patrimônio R$ 1.421.255,00. 

A candidatura de Serra foi registradada com a do seu vice, deputado Indio da Costa (DEM-RJ) que declarou um patrimônio de R$ 1448.231,00,

Com seis partidos (PSDB-DEM-PPS- PMN-PT B-PTdoB), a coligação se chamará “O Brasil Pode Mais” _mesmo slogan do candidato. O registro de candidatura foi apresentado por advogados do PSDB. Eles não souberam informar o valor total do patrimônio.

O tucano também apresentou ao tribunal as diretrizes do seu programa de governo. Daqui a pouco o TSE fornecerá cópias dos dados. O iG as publicará em seguida.

Vice de Serra tem barco e ultraleve

O deputado Índio da Costa (DEM), vice de José Serra na chapa presidencial, declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 1,4 milhão. Entre seus bens consta um barco avaliado em R$ 206 mil e um Ultraleve de R$ 170 mil.

O maior patrimônio declarado de Índio é de R$ 401 mil, que são aplicações num fundo de investimento. Na declaração há também um terreno em Mangaratiba (RJ) avaliado em R$ 360 mil.

    Leia tudo sobre: SerracampanhagastosTSE

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG