Advogado da Força do Povo criticou coligação Tocantins Levado a Sério por ¿impetrar notícia de inelegibilidade fora do prazo"

O advogado da Coligação Força do Povo, Sérgio do Vale, acusou os adversários das coligações Nova União do Tocantins e Coligação Frente Tocantins Levado a Sério, de “tentativa clara de tumultuar o processo eleitoral no Estado, com a notícia sobre inelegibilidade, fora do prazo, em desfavor de Carlos Gaguim, governador e candidato à reeleição”.

Por meio de seus advogados, as coligações citadas ingressaram com a ação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) dia 22. “Além de ingressarem fora do prazo, as coligações oposicionistas também não possuem legitimidade para apresentarem notícia de inelegibilidade contra o governador e candidato Carlos Gaguim,” acrescentou Vale.

Gaguim (PMDB) disputa o governo do Estado com o ex-governador Siqueira Campos (PSDB). Vale disse ainda que a notícia de inelegibilidade é extemporânea. “A nova investida da oposição não poderá ser sequer apreciada, em razão de sua intempestividade, uma vez que o prazo possível de seu protocolo junto ao TRE expirou no último dia 13 de julho”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.