Sem Marina e Serra, Gabeira lança pré-candidatura

Em discurso no Rio, deputado federal comparou coligação feita entre PV, PSDB e DEM com um tuiuiú

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

Futura Press
Fernando Gabeira lança pré-candidatura ao governo do Estado do Rio de Janeiro
O deputado federal Fernando Gabeira (PV) comparou neste domingo a coligação feita entre PV, PSDB, DEM e PPS para as eleições deste ano com um "tuiuiú", pássaro típico do Pantanal. A avaliação foi feita durante a cerimônia de lançamento de sua pré-candidatura ao governo do Estado do Rio de Janeiro, no clube do América, na Tijuca, zona norte da capital fluminense. Embora tenha o apoio político de Marina Silva (PV) e José Serra (PSDB), o evento não contou com a participação de nenhum dos dois.

“Nossa coligação começou um pouco desajeitada. Teve alguns problemas para começar e chegar até hoje. Ela me lembra um pouco um pássaro do Pantanal, o símbolo dessa região: o tuiuiú. Quando se move parece que não irá conseguir alçar voo. Mas quando alça voo é mais rápido que os outros e atinge altitudes que outros pássaros não atingem”, disse Gabeira.

Questionado por repórteres sobre a ausência de Marina e Serra, o deputado federal alegou que o fato era totalmente compreensível, dadas as circunstâncias de pré-campanha eleitoral. “Aqui, além da minha posição favorável à Marina, há inúmeros majoritários que apóiam o Serra. Então seria interessante que estivessem os dois ou não estivesse nenhum. Os dois, no entanto, naturalmente estarão na convenção (do partido)”, ressaltou.

Se a ausência de Marina e Serra foi sentida, o mesmo não aconteceu com alguns ex-desafetos políticos, como Cesar Maia, pré-candidato ao Senado pelo DEM, e José Camilo Zito, prefeito de Duque de Caxias e presidente regional do PSDB. A presença deles, no entanto, não foi motivo de desconforto para Gabeira.

“Ele (Cesar Maia) é o candidato majoritário indicado pelo DEM e pertence à coligação. A ausência dele me incomodaria. Se temos uma coligação com candidatos majoritários e se um dele estivesse ausente, isso seria grave”, avaliou. “Ele (Zito) compareceu e entendemos isso como apoio. Fico agradecido porque ele é um homem importante em Caxias. Em política, nunca dizemos que a pessoa chegou tarde e, sim, que bom que você chegou”, completou Gabeira.

    Leia tudo sobre: PVmarina silvagabeira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG