Sem falar em vitória, Indio comenta pesquisa

Candidato a vice na chapa de José Serra faz campanha em Salvador ao lado de ACM Neto

Aura Henrique, iG Bahia |

Indio da Costa, candidato a vice-presidente na chapa tucana, em sua visita a Salvador comentou o empate técnico entre os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT), com 46,8%, e José Serra (PSDB), com 42,7%, divulgado nesta quinta-feira (14) pelo CNT /Sensus. “A gente está indo muito bem na campanha eleitoral”, concluiu. Mas, cauteloso, Índio preferiu não entrar ainda em clima de triunfo. “É muito importante lembrar às pessoas que a vitória é nas urnas, não é nas pesquisas”, disse.

Segundo ele, “a vontade da população de ter um governo que fale a verdade, sério, de propostas claras e de compromisso” teria mudado a tendência na corrida presidencial. O vice de Serra informou também que não está nos planos deles encerrar programas sociais do atual governo. “Nós vamos dar continuidade”, garantiu.

Seguindo a cartilha de Serra, Indio mandou um recado aos governadores e prefeitos de legendas governistas. Ele assegurou que o governo baiano, assim como os prefeitos do PT, do PMDB, dos partidos aliados de Dilma vão ter igual tratamento no executivo federal, caso Serra seja eleito. “Porque o que está em jogo não é a relação política. O que está em jogo é a população brasileira”, afirmou.

Indio prometeu novamente o 13º salário do Bolsa Família e a expansão de beneficiários do programa. Além disso, falou sobre o aumento do salário mínimo para R$ 600 e a ampliação para 10% no salário de aposentados e pensionistas brasileiros. Para “todo o brasileiro”, ele informou que Serra pretende reduzir impostos federais, “começando pelos produtos que o pobre compra”.

Para a Bahia, Indio se comprometeu com a expansão do metrô de Salvador, que ainda não foi inaugurado, e com a implantação de escolas técnicas para qualificação da mão-de-obra jovem. “Ao desenvolver o Brasil com qualificação técnica, queremos fazer com que o emprego não seja uma dificuldade”, desejou.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG