Sem chamadas do PT, Dino é apoiado por 'ministro de Lula'

Candidato aproveitou discursos de Orlando Silva como nova tentativa de vincular seu governo do presidente

Wilson Lima, iG Maranhão |

Sem uma gravação do presidente Lula (PT) ou da presidenciável Dilma Rousseff (PT) em apoio à sua candidatura ao governo do Maranhão, o deputado-federal Flávio Dino (PCdoB) tenta agora associar a sua imagem ao governo petista por meio do ministro dos Esportes, Orlando Silva (PCdoB).


Orlando Silva esteve no Maranhão no final de semana passado, participando de atos políticos em São Luís, Raposa e São José de Ribamar ao lado de Flávio Dino. Em um dos discursos, o ministro afirmou que Dino foi um dos homens “da linha de frente” do programa Bolsa Família, do governo federal. “Sabem quem estava na linha de frente do Bolsa Família? Foi esse homem aqui”, disse o ministro em referência ao deputado federal.

Algumas das declarações de Silva em favor de Dino estão sendo exibidas essa semana durante o programa eleitoral do comunista. Nas chamadas, o programa eleitoral de Dino classifica Silva como “o Ministro de Lula”.

Essa não é a primeira vez que Dino tenta anexar sua imagem ao presidente, apesar de não ter, oficialmente, o apoio do PT no Maranhão. No início do programa eleitoral, Dino se denominou como o homem que iria implementar as mesmas políticas do governo petista no Estado.

Além disso, ele também exibiu uma mensagem de apoio de Dilma Rousseff à sua candidatura à prefeitura de São Luís, ocorrida em 2008, nos programas eleitorais desse ano. Pelo uso do áudio da então ministra-chefe da Casa Civil, Dino foi advertido pela Justiça Eleitoral, que entendeu que o candidato estava confundindo o eleitor, já que as declarações de Dilma referiam-se a outro pleito.

    Leia tudo sobre: eleiçõse maflávio dino

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG