Seis municípios do Mato Grosso elegerão novos prefeitos

TRE espera instruções do Tribunal Superior Eleitoral. Dia 7 de novembro Ribeiro Cascalheira escolherá novo prefeito

Kelly Martins, iG Mato Grosso |

O Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso (TRE-MT) informou que seis municípios do Estado aguardam a realização de eleições suplementares. Isso porque os prefeitos desses municípios perderam seus mandatos sob acusação de crime eleitoral. Casados, os votos que receberam são anuladas, conforme a legislação eleitoral.

O TRE deverá receber nos próximos dias o comunicado do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para realizar o agendamento de nova eleição em algumas cidades. Na lista de cidades que terão eleições suplementares, apenas o município de Ribeirão Cascalheira (a 900 km de Cuiabá) tem data confirmada.

O novo prefeito será escolhido em eleição no dia 7 de novembro. Aguardam ainda agendamento os municípios de Rio Branco, Matupá, Novo Mundo, Campos de Júlio e Poconé. Nos últimos dois anos, a Justiça Eleitoral realizou eleições similares em três cidades: Araguainha, Novo Horizonte do Norte e Santo Antônio de Leverger.

De acordo com a legislação eleitoral, quando o registro do candidato ao Executivo é cassado, os votos dados a ele são anulados. Dessa forma, se o candidato conseguiu mais de 50% dos votos válidos no primeiro turno, o segundo colocado não pode assumir a vaga. A eleição é anulada e é marcado um novo pleito pelo TRE.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG