Roseana bloqueou R$ 73 milhões em investimentos, diz Lago

Candidato afirmou que recursos eram destinados a obras de infra-estrutura na capital maranhense

Wilson Lima, iG Maranhão |

Jackson Lago (PDT), candidato ao governo do Maranhão, acusou ontem a governadora do Estado, Roseana Sarney (PMDB), de ter determinado o bloqueio de R$ 73 milhões que seriam gastos em obras de infra-estrutura em São Luís.

O recurso seria fruto de um convênio firmado entre a prefeitura da capital e o governo do Estado, na época que Lago ainda era governador. Durante uma caminhada realizada ontem no Coroadinho, bairro periférico de São Luís, o pedetista declarou que iria desbloquear esses recursos. “Vamos acabar com essa perseguição à capital”, destacou Lago. “Esse convênio possibilitaria a superação de problemas vistos em São Luís como os congestionamentos e a pavimentação de ruas da periferia”, complementou.

O convênio entre a prefeitura de São Luís e o governo Lago foi da ordem de R$ 150 milhões. Ele previa a construção de um viaduto e o prolongamento da avenida Litorânea, uma das mais importantes de São Luís.

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) determinou o cancelamento do convênio sob a suspeita de malversação de recursos públicos. Uma das obras, o prolongamento da Litorânea, já foi alvo de ação do Ministério Público Estadual do Maranhão (MPE-MA). O MPE detectou irregularidades na contratação da empresa que elaborou o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e no Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) da Litorânea.

    Leia tudo sobre: eleições maPGEMPEjackson lago

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG