Roriz recebia 400 convidados em casa quando soube da impugnação

Aniversariante, ex-governador passou o dia com empresários e candidatos; coordenador de campanha diz que rotina "não muda"

Fred Raposo, iG Brasília |

O ex-governador do Distrito Federal Joaquim Roriz (PSC) recebia cerca de 400 convidados em sua casa quando soube da impugnação de sua candidatura pela Justiça Eleitoral . De acordo com o coordenador de campanha de Roriz, Paulo Fona, o candidato passou o dia em sua residência, no Park Way, recebendo eleitores, empresários e candidatos da coligação “Esperança Renovada”.

Fona disse ainda que “nada muda” na rotina de campanha de Roriz. “Ele continuará a fazer as inaugurações de comitês eleitorais em cidades satélites”, explicou o coordenador. Líder das pesquisas, Roriz completa hoje 74 anos. Por volta das 18h, ele seguiu para a comemoração do aniversário, marcado para 19h, na Igreja Matriz de Santo Antônio do Descoberto, em Goiás.

Com base na Lei da Ficha Limpa, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF) negou, por quatro votos a dois, o registro de candidatura de Roriz. O ex-governador renunciou ao Senado, em 2007, para escapar de um processo de cassação.

O advogado de Joaquim Roriz, Eládio Carneiro, afirmou que recorrerá ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a impugnação da candidatura do ex-governador do Distrito Federal. Carneiro explica estar “preparado” para apresentar recurso, em até três dias, depois que a decisão do TRE-DF for publicada.

“A questão não está suficientemente maturada pelos tribunais.Houve dois votos contra a impugnação”, pontua o advogado. “Vamos crescer politicamente, pois a militância estará mais aguerrida”.

    Leia tudo sobre: eleições dfjoaquim rorizimpugnaçãotsetre-df

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG